Historinha da Cinderela

Cinderela

Era uma vez, em um reino distante, uma jovem bondosa e amável chamada Cinderela. Ela era filha de um comerciante rico que, infelizmente, havia falecido. Após a morte do pai, Cinderela foi deixada aos cuidados de sua madrasta e duas meia-irmãs, Anastácia e Drizella. Essas três mulheres eram invejosas e cruéis, obrigando Cinderela a ser sua criada, embora a casa grande e linda fosse, por direito, dela.

Cinderela passava seus dias acordando cedo para preparar o café da manhã, lavar a roupa, esfregar os pisos, cozinhar o jantar e fazer todas as tarefas domésticas que suas meia-irmãs e madrasta se recusavam a fazer. Apesar de ser constantemente maltratada e sobrecarregada, Cinderela permanecia otimista. Ela encontrava alegria em seus amigos animais e sempre sonhava com um futuro melhor.

Um dia, um mensageiro real chegou à casa com um anúncio: o príncipe do reino estava organizando um grandioso baile, e todos estavam convidados. A notícia causou grande agitação. Anastácia e Drizella ficaram animadas, começando imediatamente a planejar seus vestidos e sonhar com a chance de se casarem com o príncipe. Cinderela também sentiu um lampejo de esperança. Ela também desejou ir ao baile, mas sua madrasta riu de sua ideia, dizendo que Cinderela, com suas roupas surradas, não tinha lugar num evento tão elegante.

Desanimada, mas não derrotada, Cinderela decidiu fazer seu próprio vestido. Nos dias que antecederam o baile, ela costurou à noite, após terminar suas tarefas, usando retalhos de tecidos que encontrou pela casa. No entanto, na noite do baile, sua madrasta e meia-irmãs rasgaram o vestido, alegando que Cinderela tinha roubado seus tecidos.

Desconsolada, Cinderela correu para o jardim, onde chorou sob um salgueiro. Foi então que ocorreu o milagre. Uma luz brilhante apareceu e uma bela mulher emergiu dela. Era a fada madrinha de Cinderela! Com um toque de sua varinha mágica, a fada madrinha transformou os trapos de Cinderela em um deslumbrante vestido azul, e deu-lhe sapatos de cristal. No entanto, a fada madrinha avisou Cinderela que a mágica acabaria à meia-noite, então ela precisaria voltar para casa antes disso.

Cinderela chegou ao baile e imediatamente chamou a atenção do príncipe. Eles dançaram a noite toda, e o príncipe se encantou por sua beleza e gentileza. No entanto, conforme a meia-noite se aproximava, Cinderela teve que fugir, deixando para trás um dos seus sapatos de cristal no processo.

Determinado a encontrar a dama misteriosa, o príncipe ordenou que o sapato de cristal fosse experimentado por todas as mulheres solteiras do reino. Quando chegou a vez de Cinderela, sua madrasta a trancou no sótão. Mas com a ajuda de seus amigos animais e de sua fada madrinha, Cinderela conseguiu sair e experimentar o sapato, que, claro, encaixou perfeitamente.

O príncipe ficou radiante ao descobrir que Cinderela era a mulher que ele procurava. Eles se casaram em uma cerimônia linda, e Cinderela, que passou tanto tempo sonhando com um futuro melhor, finalmente conseguiu isso. Cinderela e o príncipe viveram felizes para sempre, lembrando a todos que a bondade e a coragem sempre triunfam no final.

4.7/5 - (12 votes)

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *